Ciclo de palestras debate integração do Direito e da Psicologia na perícia forense - Centro Universitário do Rio Grande do Norte - UNI-RN
  • Central de Relacionamento - 84 3215-2917
    WhatsApp - 84 3215-2939

  • Home
  • Institucional
  • Ciclo de palestras debate integração do Direito e da Psicologia na perícia forense

Notícias

Ciclo de palestras debate integração do Direito e da Psicologia na perícia forense
24.05.2021

O projeto de extensão Simulação de Investigação e Perícia Forense (SIPEF), do curso de Direito, promove o ciclo de palestras Integração de Direito, Psicologia e Medicina na Perícia Criminal. O evento ocorre nos dias 28 e 29 de maio, pela plataforma Google Meet, sendo online e com certificação de 5h de extensão. Inscrição em Sisuni.

Confira, abaixo, a programação:

28/05/2021

Palestra de abertura: Aspectos legais e perícias das drogas ilícitas 

Palestrante: Pablo Alves Marinho (Perito criminal; mestre em Ciências Farmacêuticas; professor de toxicologia e criminalística)

Horário: 19 h

29/05/2021

Atuação do psicólogo avaliador:

Palestrante: Normanda Henrique Vidal (Psicóloga clínica e forense, analista de comportamento e perita judicial)

Horário: 09 h

Análise de manchas de sangue 

Palestrante: Diego Macedo Pedreira (Engenheiro e perito criminal pela UFRJ/PCERJ, professor e palestrante)

Horário: 10h30

Toxicologia Forense e Postmortem - da morte ao laboratório 

Palestrante: Ana Miguel Fonseca (Doutora e investigadora forense).

Horário: 14 h

Palestrante: Gisele Alff de Lima (Advogada, especialista em criminologia e psicologia investigativa criminal e graduanda em psicologia).

Palestrante: Idylla Silva Tavares (Perita química IPC-PB, doutora em toxicologia, mestre em química e farmacêutica).

Horário: 15h30 

Sobre o SIPEF

O SIPEF, projeto de extensão do curso de Direito do UNI-RN, tem o intuito de incentivar a transmissão dinâmica dos conhecimentos referentes à área criminalística, tanto do Direito quanto da Psicologia, por meio de atividades como palestras, debates ou minicursos, sob a orientação dos professores Sandresson Menezes, advogado criminalista e docente do UNI-RN, e Everton Rocha, membro do grupo de debates Filosofia, Direito e Sociedade e docente do UNI-RN.