Chanana: uma flor, um artigo e uma receita. Flor símbolo de Natal vira receita culinária - Centro Universitário do Rio Grande do Norte - UNI-RN
  • Home
  • Institucional
  • Chanana: uma flor, um artigo e uma receita. Flor símbolo de Natal vira receita culinária

Notícias

Chanana: uma flor, um artigo e uma receita. Flor símbolo de Natal vira receita culinária
08.06.2022

Conhecida como a flor símbolo de Natal, as chananas florescem, indistintamente, em meio a canteiros e ruas de Natal. Enfeitam praças e avenidas da cidade, enquanto as pessoas transitam, apressadas e alheias, indiferentes à sua beleza e ao seu florescer matinal. Mas o que quase ninguém sabe é da sua aplicação na culinária. 

As alunas do curso de Nutrição do UNI-RN, Jhenyffe Oliveira e Karollyne Mayara, do 7º período do curso, resolveram "investigar" o valor nutricional da delicada florzinha e colocá-la no prato da culinária natalense. A ideia virou o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) das alunas, intitulado “Desenvolvimento e Caracterização da Geleia de Chanana”. No trabalho, orientado pela professora Kelly Nascimento Aires, as alunas tiveram o cuidado, inclusive, de avaliar não só as propriedades nutricionais da planta, mas, também, as microbiológicas.

Na manhã desta quarta-feira, 08 de junho, elas levaram ao reitor do Centro Universitário UNI-RN, professor Daladier Pessoa Cunha Lima, uma amostra da geleia da flor. Degustada com torradas, a geleia recebeu elogios de sabor e textura tanto da parte do reitor como de alguns funcionários, que, na ocasião, puderam experimentar a receita culinária cuidadosamente elaborada pelas estudantes.

“Uma das leituras que fizemos para o nosso TCC e que nos serviu de referência e inspiração foi a de um artigo escrito pelo reitor sobre a chanana”, revelaram as jovens.

O artigo a que elas se referiram foi escrito em 2005 pelo professor Daladier, sob o título “Viva a Xanana!”, e publicado no jornal Tribuna do Norte. A palavra escrita com um “x” é a forma como os poetas potiguares escrevem (numa licença poética), mas a grafia correta, conforme vemos nos dicionários, é com “ch”.  

Na visita ao reitor, as duas estudantes foram acompanhadas pela técnica do Laboratório de Nutrição do UNI-RN, Silvia Maria da Silva.


Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web.

Política de Privacidade Ver opções