Dia do Profissional de Educação Física: não basta ser professor, tem que ser paizão - Centro Universitário do Rio Grande do Norte - UNI-RN
  • Home
  • Institucional
  • Dia do Profissional de Educação Física: não basta ser professor, tem que ser paizão

Notícias

Dia do Profissional de Educação Física: não basta ser professor, tem que ser paizão
01.09.2022

Era para ser uma palestra sobre a regulamentação da Educação Física no Brasil, mas um jovenzinho com, aproximadamente, de 2 anos de idade resolveu roubar a cena. O professor João Caetano, docente do UNI-RN, protagonizou um momento fofo durante a Aula Magna que abriu as comemorações pelo Dia do Profissional de Educação Física, na manhã de hoje (1º), no UNI-RN.

Ao colocar o filho nos braços para a foto, foi surpreendido com a reação do menino, que não quis mais sair dos braços do pai. Nem mesmo para os da mãe, a professora Elys Souza, também docente do curso de Educação Física do UNI-RN, que até tentou, mas sem êxito. E assim ele prosseguiu com a palestra.

A Aula Magna “"1º de setembro: um dia para comemorar" abordou, principalmente, a regulamentação do exercício profissional de Educação Física no Brasil e a nova visão que se tem, hoje, sobre a atividade e sua importância para a saúde.

Horas antes, alunos e professores participaram de atividades interativas no espaço do Bambuzal, no campus do UNI-RN. À noite, a mesma palestra será proferida para os alunos do turno noturno.

Participaram, ainda, do evento os coordenadores do curso: professora Sônia Maia (titular) e Paulo Castim (adjunto), além dos professores Radamés Maciel Medeiros e Jason Medeiros.  


Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web.

Política de Privacidade Ver opções