Honras a Manoel de Medeiros Brito - Centro Universitário do Rio Grande do Norte - UNI-RN
  • Home
  • Institucional
  • Honras a Manoel de Medeiros Brito

Notícias

Honras a Manoel de Medeiros Brito
17.07.2008

Bom mesmo é chegar aos 80 anos, olhar e ver tantos amigos, cada um a guardar saudáveis lembranças e a manter o ritmo cordial e até afetuoso nos encontros da vida, embora alguns não tenham continuado o caminho. Bom mesmo é olhar e ver as pessoas mais próximas na afeição e no bem-querer a se afirmarem nas escolhas e a crescerem para o futuro. Bom mesmo é ver que o tempo passou, mas ficou a marca das boas ações por serviços prestados com total atenção ao interesse público. Bom mesmo é chegar aos 80 anos em pleno vigor físico e poder olhar também para frente, a fim de vislumbrar o quanto de produtivo ainda é possível ser feito, sempre sob a premissa do bem social; é ter a memória ativa e repleta de gente simples ou famosa, de passagens, de fatos, alguns tristes, outros alegres, alguns dramáticos, outros banais, mas todos importantes e muitos que se vinculam à história político-social do Rio Grande do Norte das últimas seis décadas. Assim é Manoel de Medeiros Brito, um homem singular, feliz pelas suas vivências do passado e do presente, as quais lhe permitem, lhe instigam e lhe exigem muitos planos para o porvir. Nasceu em Jardim do Seridó-RN, em seis de julho de 1928. Seu pai era dono de pequeno hotel da cidade, no qual se hospedavam conhecidos políticos do Estado. Desde cedo, então, ele conheceu figuras de destaque nas funções públicas do Rio Grande do Norte. Seus primeiros estudos foram no Grupo Escolar Antônio de Azevedo, em Jardim do Seridó, seguidos por outras etapas em Natal. Em 1950, mudou-se para o Rio de Janeiro e logrou aprovação no vestibular da Faculdade de Direito do Distrito Federal, onde completou sua graduação. Foi eleito Deputado Estadual nas eleições de 03 de outubro de 1954 e cumpriu o mandato de 1955 a 1959. Exerceu diversos cargos públicos: Chefe do escritório de representação do Governo do Rio Grande do Norte na capital do país; Procurador Advogado dos Feitos do Estado; Ministro e Presidente do Tribunal de Contas do Estado; Secretário Chefe do Gabinete Civil do Governo; Secretário Estadual do Interior e Justiça (oito anos); Secretário do Interior, Justiça e Segurança Pública (quatro anos). Como exemplo para outras gerações, mais do que a importância dos cargos exercidos, devem ser levadas em conta a honradez, a seriedade e a competência no desempenho das funções. Poucas pessoas ostentam um rol de serviços prestados à sociedade tão extenso e com tantos méritos. Ao longo da vida, Manoel de Medeiros Brito, até pela opção para as funções públicas, manteve convivência com os maiores líderes políticos do Rio Grande do Norte. Apesar de ter convicções e decisões firmes, apesar da diversidade dos cargos exercidos, alguns tidos como difíceis tarefas, e das posições radicais que muitas vezes as lutas políticas ensejam, ele mantém íntegras as amizades e recebe a admiração e o respeito de todos, independente de partido. Suas memórias, que devem passar a livro, serão de real valor para a recente história política do Estado. Hoje, vive a emoção de presidir, sem qualquer remuneração, duas entidades mantenedoras às quais seu grande amigo, Dr. Varela Santiago, se doou: o Instituto de Proteção à Infância (Hospital Infantil Varela Santiago) e a Liga de Ensino do Rio Grande do Norte. Portanto, todas as honras para o Dr. Manoel de Medeiros Brito, não somente pelo passado profícuo mas também pelo presente infatigável, porquanto são por demais valiosas suas atuais lides beneméritas nas áreas prioritárias da saúde e da educação.

Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web.

Política de Privacidade Ver opções